Skip to content

Modo Name Server

Modo CDN: Name Server

Esse é o modo mais recomendado, pois permite ter todo o controle de sua Zona de DNS e da CDN dentro de um único painel da GoCache.

O modo Name Server deve ser selecionado quando você pretende utilizar os servidores de DNS da GoCache como autoritativos do domínio, ou seja, toda configuração de DNS será feita exclusivamente através do painel da GoCache.

Quando um domínio novo é adicionado com a opção de "Utilizar os servidores DNS da GoCache", a GoCache tentará buscar automaticamente as entradas existentes do domínio e deixar criadas no painel.

Caso não seja criada nenhuma entrada automaticamente ou falte alguma, pode ser necessário criá-las manualmente.

Lembre-se que é fundamental replicar a zona de DNS de seu serviço de hospedagem ou CDN (exceto as entradas Name Servers) para a migração para a GoCache.

Quando o painel está em modo "Name Server" na aba de "Domínios" irá aparecer o link "DNS" para acessar a aba de "Websites & DNS".

DNS Name Server

Entradas DNS

Com o painel em modo Name Server é possível criar as seguintes entradas de DNS:

Entradas DNS

Entradas
Descrição
A Aponta para um endereço IPV4
NS Aponta para um Name Server
CNAME Aponta para um hostname
TXT Instruções de texto associado a URL
MX Aponta para um servidor de e-mail e informa a prioridade
SRV Aponta para um servidor, informando a prioridade, peso, porta e endereço

TTL

Exceto para as entradas TXT, é possível especificar um tempo de TTL para todas as entradas, ou seja, o tempo máximo que uma mudança de entrada DNS irá levar para ser atualizada em toda a internet (alguns servidores na internet podem não respeitar essa configuração).

TTL

Nuvem

As entradas A e CNAME apresentam uma núvem na frente do TTL, essa nuvem indica se o tráfego daquele domínio estará passando ou não pela GoCache.

Para o caso de Nuvem desabilitada, a GoCache estará fazendo apenas a resolução de DNS.

Nuvem

Importante: Deixe a nuvem ativada somente para entradas que trafegam aplicações WEB em HTTP ou HTTPS, porque a CDN só entrega conteúdo pelas portas 80 e 443.

Para entradas que não entregue conteúdo WEB você não deve deixar a nuvem ativada, por exemplo, se a nuvem estiver ativada em uma entrada CNAME que aponte para um e-mail, fará com que o serviço fique indisponível. Para essas entradas, basta deixar a nuvem desativada.

Acelerar Domínio Raiz

Para acelerar o domínio raiz, o Name Server do seu domínio necessita estar apontado para a GoCache.

Para fazer essa inserção da entrada raiz do site, é necessário inserir um "@" no campo "name" na entrada A ou CNAME, em seguida colocar o IP ou Hostname do servidor no campo "content".

Raiz

Atenção Name Servers

Após a configuração no painel da GoCache ter sido feita, é fundamental que seja apontado no provedor de DNS/Hospedagem ou no painel do órgão de registro para os Name Servers da GoCache:

  • deck.ns.gocache.com.br
  • jet.ns.gocache.com.br

Após feito a mudança, a propagação do DNS pode demorar até 72 horas para ser completamente feita. Durante a propagação o seu site não ficará indisponível nesse período.

Esse apontamento é essencial, porque se não for feito não será utilizado o painel de DNS da CDN e consequentemente nenhum site estará passando pela GoCache.

Editar Entrada DNS

Para editar uma entrada DNS basta clicar no símbolo de "lápis" na frente da entrada criada e alterar os valores existentes.

Editando Entrada

Deletar Entrada DNS

Para deletar uma entrada DNS basta clicar no símbolo de "lixeira" e confirmar a exclusão da entrada.

Deletando Entrada