Ir para o conteúdo

Modo Name Server

Modo CDN: Name Server

Esse é o modo mais recomendado, pois permite ter todo o controle de sua Zona de DNS e da CDN dentro de um único painel da GoCache.

O modo Name Server deve ser selecionado quando você pretende utilizar o servidores de DNS da GoCache como autoritativos do domínio, ou seja, toda configuração de DNS será feita exclusivamente através do painel da GoCache.

Quando um domínio novo é adicionado com a opção de "Utilizar os servidores DNS da GoCache", a GoCache tentará buscar automaticamente as entradas existentes do domínio e deixar criadas no painel.

Caso não seja criada nenhuma entrada automaticamente ou falte alguma, pode ser necessário criá-las manualmente.

Lembre-se que é fundamental replicar a zona de DNS de seu serviço de hospedagem ou CDN (exceto as entradas Name Servers) para a migração para a GoCache.

Quando o painel está em modo "Name Server" na aba de "Domínios" irá aparecer o link "DNS" para acessar a aba de "Websites & DNS".

DNS Name Server

Entradas DNS

Com o painel em modo Name Server é possível criar as seguintes entradas de DNS:

Entradas DNS

Entradas
Descrição
A Aponta para um endereço IPV4
NS Aponta para um Name Server
CNAME Aponta para um hostname
TXT Instruções de texto associado a URL
MX Aponta para um servidor de e-mail e informa a prioridade
SRV Aponta para um servidor, informando a prioridade, peso, porta e endereço

TTL

Exceto para as entradas TXT, é possível especificar um tempo de TTL para todas as entradas, ou seja, o tempo máximo que uma mudança de entrada DNS irá levar para ser atualizada em toda a internet (alguns servidores na internet podem não respeitar essa configuração).

TTL

Nuvem

As entradas A e CNAME apresentam uma núvem na frente do TTL, essa nuvem indica se o tráfego daquele domínio estará passando ou não pela GoCache.

Para o caso de Nuvem desabilitada, a GoCache estará fazendo apenas a resolução de DNS.

Nuvem

Importante: Deixe a nuvem ativada somente para entradas que trafegam aplicações WEB em HTTP ou HTTPS, porque a CDN só entrega conteúdo pelas portas 80 e 443.

Para entradas que não entregue conteúdo WEB você não deve deixar a nuvem ativada, por exemplo, se a nuvem estiver ativada em uma entrada CNAME que aponte para um e-mail, fará com que o serviço fique indisponível. Para essas entradas, basta deixar a nuvem desativada.

Acelerar Domínio Raiz

Para acelerar o domínio raiz, o Name Server do seu domínio necessita estar apontado para a GoCache.

Para fazer essa inserção da entrada raiz do site, é necessário inserir um "@" no campo "name" na entrada A ou CNAME, em seguida colocar o IP ou Hostname do servidor no campo "content".

Raiz

Atenção Name Servers

Após a configuração no painel da GoCache ter sido feita, é fundamental que seja apontado no provedor de DNS/Hospedagem ou no painel do órgão de registro para os Name Servers da GoCache:

  • deck.ns.gocache.com.br
  • jet.ns.gocache.com.br

Após feito a mudança, a propagação do DNS pode demorar até 72 horas para ser completamente feita. Durante a propagação o seu site não ficará indisponível nesse período.

Esse apontamento é essencial, porque se não for feito não será utilizado o painel de DNS da CDN e consequentemente nenhum site estará passando pela GoCache.

Editar Entrada DNS

Para editar uma entrada DNS basta clicar no símbolo de "lápis" na frente da entrada criada e alterar os valores existentes.

Editando Entrada

Deletar Entrada DNS

Para deletar uma entrada DNS basta clicar no símbolo de "lixeira" e confirmar a exclusão da entrada.

Deletando Entrada