Configurações

Cache

Este painel permite configurar o funcionamento geral o cache do domínio. O funcionamento do cache pode ser entendido com três tipos de cache: Cache (estático), SmartCache (dinâmico), Cache no Navegador.

Cache Estático

Determina a maneira que a CDN deve armazenar e entregar o conteúdo estático de seu site, como imagens, CSS e JavaScript. Para saber quais extensões de arquivos estáticos são cacheadas na GoCache clique aqui.

cache_static

Tempo de Expiração (TTL)

Nesse campo é estipulado o tempo máximo que o cache será mantido na GoCache antes de sua expiração. Após um Cache expirado, ou ser feita uma solicitação a um novo conteúdo, a GoCache fará um novo cacheamento do conteúdo.

Comportamento do Cache

O “Comportamento do Cache” pode ser Padrão, que não ignora query string, ou Ignorar Query String, que como o próprio diz, ignora a query string de um URL.

Quando habilitado o modo Ignorar Query String, dois ou mais conteúdos que altere apenas a query string são armazenadas como um único arquivo.

Por exemplo, se existir duas páginas, “seusite.com/imagem.jpg?gclid=1234” e “http://seusite.com/imagem.jpg?versao=2016”, ambas serão armazenadas sendo o mesmo conteúdo. Já no modo Padrão isso não ocorre.

Cache por Status Code

O cacheamento pode ser ordenado por status code, ou seja, só é cacheado conteúdo que retornar um dos status code marcados, por padrão é habilitado para os status de sucesso 200 e 203, porém é possível realizar o cache de requisições que retornaram:

  • 301 - redirecionamento permanente
  • 302 - redirecionamento temporário
  • 404 - conteúdo não encontrado

Ignorar os Cabeçalhos Enviados Pela Origem

É possível também ignorar alguns cabeçalhos enviados pela origem, que são habilitados por padrão, tais quais “Cache-Control”, “Expires”, “Vary”. Isso porque muitas plataformas podem enviar informações nos cabeçalhos que entram em conflito com o funcionamento da GoCache, assim não ocorrendo o cacheamento da maneira desejada.

Esta é uma opção avançada e deixar de ignorar estes cabeçalhos indica que será respeitado as diretivas enviadas pela aplicação e/ou servidor web. Nesse caso, a decisão de fazer ou não fazer cache de um determinado objeto e por quanto tempo, respeita a seguinte prioridade:

Expires -> Cache-Control -> TTL especificado na gocache

Cache do Navegador

Instrui o navegador do visitante quanto tempo pode armazenar as informações no cache local. Assim, quando uma página for acessada novamente, as informações serão puxadas da própria memória do navegador do cliente, aumentando a velocidade da abertura do site e diminuindo o consumo de banda.

O Cache do Navegador não é gerenciável pela GoCache, isso porque se trata de um cache local do navegador web. Portanto manter um tempo de expiração muito alto pode fazer com que, ao atualizar o cache da GoCache, o navegador continue a entregar o conteúdo antigo.

cache_browser

Tempo de Expiração (TTL)

Estipula quanto tempo esse conteúdo ficará no cache do navegador. Caso o conteúdo seja alterado com mais frequência é recomendado um menor tempo de expiração (TTL). O tempo do campo Tempo de Expiração só surtirá efeito caso a opção ignorar o cabeçalho Expires estiver habilidade ou em requisições que este cabeçalho não esteja presente.

O Google recomenda um tempo de no mínimo 15 dias.

SmartCache

smartcache

Permite cachear páginas dinâmicas do site, aumentando a performance e reduzindo o consumo de recursos da infraestrutura de hospedagem e do banco de dados.

Tempo de expiração (TTL)

Estipula quanto tempo esse conteúdo dinâmico ficará em cache da GoCache.

Plataforma do Site

Especifica em qual CMS (WordPress e Joomla) ou e-commerce (Magento 1) o site opera, caso não seja nenhum desses é necessário utilizar o “Custom”. Essa opção impede que seja feito o cacheamento de conteúdos sensíveis do site e dos usuários.

Caso seu site não seja desenvolvido em nenhuma das plataformas, envie um pedido de Suporte para a GoCache auxilia-lo a definir regras Customizadas para utilização do SmartCache.

Limpar Cache

cache_clearing

Permite fazer a limpeza dos arquivos no cache da CDN e faz com que eles sejam atualizados. Essa limpeza pode ser completa ou utilizando o SmartPurge, que permite limpar conteúdos específicos do site, sendo direcionado por URLs ou por Tags.

Para acessar mais detalhes sobre a limpeza de cache clique aqui.

Modo Desenvolvimento

cache_devmode

Quando esse modo é habilitado todos os caches da CDN são desativados, ou seja, os caches de navegador continuarão ativos. Isso pode ser útil para realizar eventuais testes na infraestrutura do servidor de origem. Ativar esse modo irá aumentar a banda utilizada e recursos do servidor de hospedagem, pois todas as requisições serão redirecionadas diretamente para a hospedagem.